• Samuel Lima

Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo realiza Ação Contra as Queimadas


Nesta semana foi realizada uma ação, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo, contra as queimadas nas redondezas da região de Santa Rosa do Purus. Nesse período do ano com pouca chuva a vegetação vai secando e o risco de focos de queimadas são maiores.

Segundo o Satélite de Referência (AQUA), o Acre ocupa o 8° lugar no ranque, com 205 focos de queimadas (CPTEC/INPE, 2021). Santa Rosa do Purus é o segundo município com baixo índice de queimadas, segundo o Relatório de Queimadas Nº 040 – Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Políticas Indígenas.

A equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente fixou cartazes nos órgãos públicos e comércios do município de Santa Rosa do Purus.

Os impactos ambientais provocados pelo aumento da queimada na Amazônia

Os danos causados pela queimada na Amazônia são muito graves e comprometem o meio ambiente como um todo, incluindo a própria população. Confira alguns exemplos destes impactos ambientais: Destruição da vegetação: o fogo elimina espécies nativas que podem desaparecer para sempre. Muitos remédios e produtos são retirados de espécies de plantas encontradas somente na floresta amazônica, por exemplo; Solo improdutivo: a queimada também pode afetar os nutrientes do solo, que se torna improdutivo; Perda de fauna e flora: o fogo atinge gravemente toda a vida na floresta e destrói diversas espécies de fauna e flora, o que acaba por causar um desequilíbrio na cadeia alimentar deste local; Agravamento do efeito estufa e aquecimento global: durante as queimadas acontece uma intensa liberação de dióxido de carbono da atmosfera, o que agrava estes dois fenômenos; Problemas respiratórios: o aumento de monóxido de carbono no ar causa doenças respiratórias na população; Entre outros. Segundo o Portal Ambscience.

Confira a Matéria Completa no https://ambscience.com/queimada-na-amazonia/

Galeria de Fotos



0 comentário