• Samuel Lima

Militares recebem o Título Honorífico de Cidadão santa-rosense

Atualizado: Out 4

Nesta manhã de segunda-feira, 13, a Câmara Municipal de Santa Rosa do Purus em Sessão Solene decretou por meio do Projeto de Lei Nº 001/2021 o título de cidadão santa-rosense ao Coronel Milton Augusto Maciel de Sousa do Exército Brasileiro e do Batalhão de Engenharia de Construção (7º BEC), em Rio Branco – Ac, e por meio do Projeto de Lei Nº 002/2021 ao 1º Sargento Antônio Carlos de Queiroz Freire, Bombeiro Militar, do 6º Batalhão Educação, Proteção e Combate e Incêndio Florestal (6º BEPCIF), em Sena Madureira – Ac.


Os militares receberam a honra de título cidadão honoríficos pelo relevante serviço prestado ao município de Santa Rosa do Purus, à democracia e a causa da humanidade. No início deste ano, nos meses de janeiro e fevereiro o município sofreu duas alagações. Foram meses de intenso trabalho. No total, cerca de 1910 indígenas e não indígenas foram desalojados e desabrigados. Nas aldeias e comunidades ribeirinhas tiveram suas produções agrícolas atingidas, como: plantio de banana, macaxeira, amendoim, arroz, milho e mamão. Na pecuária os campos foram inundados e isolando os animais em certo espaço geográfico.

“É uma satisfação imensa poder contribuir com o meu serviço ao município de Santa Rosa do Purus. Fico feliz e honrado por fazer parte da família de Santa Rosa do Purus e do título que me concederam de cidadão santa-rosense. Nasci em Boca do Acre, às margens do Rio Purus no Seringal de São Miguel. Em 2007 entrei para o Corpo de Bombeiros Militar do Acre. Nesta minha jornada recebi a primeira medalha pelo bom serviço prestado ao Corpo de Bombeiros Militar do Acre, e agora, o título de cidadão santa-rosense e é uma honra poder receber este título. Espero voltar ao município para continuar contribuindo e cooperando com meu serviço para a população. Procurarei sempre dá o meu melhor para que o município possa crescer em desenvolvimento.” Destacou o 1º Sargento Antônio Carlos Queiroz Freire Bombeiro Militar.

“É uma honra poder voltar aqui em Santa Rosa do Purus e receber o nobre título de cidadão santa-rosense, pois tenho uma enorme admiração por este município. No tempo quando era Tenente e com pouca experiência na vida militar tive a oportunidade dentro das minhas missões de ser enviado a esta cidade. Posso dizer que vi os primeiros pioneiros que deram início aos projetos de infraestrutura. Ao chegar a Santa Rosa do Purus não existia nenhum trator de esteira. A cidade se resumia a Rua Profiro de Moura, a praça e a pista de pouso e decolagem do aeroporto, que hoje é a Rua Antônio Mendes. O 4º Pelotão Especial de Fronteira (4º PEF) era de madeira e debruçado para frente do rio. Juntamente com a minha equipe e outros Tenentes que me sucederam, iniciamos a construção do 4º PEF para alvenaria. Realizamos o desmatamento da nova pista de pouso e a abertura do ramal do Assentamento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA). Tive as melhores experiências e desafios no município, por isso tenho tanto orgulho de levar o titulo de cidadão santa-rosense para toda a minha vida. Atualmente, como Coronel do Exército Brasileiro recebi a premiação por comandar o 7º Batalhão de Engenharia e Construção (7º BEC), na ocasião tive a oportunidade de poder interceder por Santa Rosa do Purus para que fosse executado a reforma da pista de pouso para pavimento de concreto. Esta pista de pouso é uma missão extremamente complexa e deve demorar pelo menos uns quatro anos devido ao transporte fluvial e seus desafios de chegar os materiais e maquinários para a construção. Essa pista de pouso e decolagem, depois de pronta durará mais de 50 anos. A pista de pouso terá a capacidade maior para o transporte de carga e de pessoas. Ademais, quero continuar contribuindo para que essa cidade siga vencendo seus desafios. Os senhores que vivem aqui são grande heróis, pois sabemos que o custo de vida para viver aqui é muito alto. O preço do combustível é alto, as dificuldades de chegar uma material por via fluvial ou aérea tem seus desafios. O rio soube e desce numa variação muito grande, isso tudo, vocês aprenderam a viver, a progredir e ir avançando no seu progresso da cidade. Meus sinceros cumprimentos! Estou à disposição para ajudar, contribuir e somar esforços. Tenho a certeza que quem ganha com isso é município, é o estado e é o nosso grande Brasil.” Observou o Coronel Milton Augusto Maciel de Sousa do Exército Brasileiro e do Batalhão de Engenharia de Construção (7º BEC).

O Coronel Milton Augusto Maciel de Sousa chegou a Santa Rosa do Purus no início, quando a cidade estava sendo estruturada, e viu as dificuldades que enfrentamos para dá uma visão de cidade. Nossa cidade é de difícil acesso, as coisas são muito caro e não há vaga suficiente para empregar todos da cidade. Neste sentido, o que for preciso para lutar por esta cidade, estarei pronto para fazer. Dou a minha vida por esta cidade. Esse é meu papel como gestor para fazer o que for de melhor. Afirmou o prefeito, Tamir Sá.


Galeria de Fotos



0 comentário