• Samuel Lima

Instituições realizam Passeata Agosto Lilás: Por Elas, Diga não a Violência contra a Mulher

A Prefeitura de Santa Rosa do Purus promoveu no final desta tarde de quinta-feira (26), por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social uma passeata com o tema central, “Por Elas, Diga não a Violência contra a Mulher”. O ato aconteceu em alusão ao mês do Agosto Lilás, conscientização contra a violência doméstica. A passeata teve inicio às 16h.


As mulheres saíram da frente do prédio da Secretaria Municipal de Assistência Social, andaram pelas ruas Profiro de Moura e a rua Coronel José Ferreira. A caminhada encerrou em frente do Ginásio Poliesportivo Ronald de Moura às 17h.


O Comando da Polícia Militar de Santa Rosa do Purus está combatendo contra qualquer violência contra a mulher e estamos trazendo os homens que estão cometendo a violência contra a mulher para a delegacia. Observou o Tenente J Martins da Polícia Militar.


Essa ação é muito importante que as mulheres realizaram neste dia e nós homens devemos respeitar, apoiá-las em suas causas e direitos. Afirmou Presidente da Câmara Denis Kaxinawá.


O Sargento C. Queiroz bombeiro militar destacou que a luta que a mulher vem enfrentando não é de hoje, mas é histórica e cultural e vem lutando pelos seus direitos para ocupar o seu espaço perante a sociedade. Deixou também uma palavra para os esposos: Quem ama cuida, não bate. Quem ama elogia e trata bem. Então, trate bem a sua companheira que está sempre ao seu lado cuidando de você e dando o melhor de si para que seja um homem honrado.


É a primeira vez que vejo uma ação de conscientização em que as mulheres saem as ruas para deixar o seu recado quanto ao seu direito em Santa Rosa do Purus. As mulheres são as verdadeiras guerreiras em nosso país. Todo homem nasceu de uma mulher. Diante desse fato, elas merecem ser tratada com muito carinho, amor, respeito e dignidade. Devemos fazer a diferença e lutar junto com elas. Mulheres avante a luta do direito de vocês. Não se calem! Já estamos nessa luta para mudar este quadro em nosso país e em especial em nosso município. Destacou o prefeito, José Altamir Taumaturgo Sá.

O Centro de Referência de Assistência Social apresentou um teatro dos cinco tipos de violência que as mulheres sofrem dentro do seu lar ou na sociedade. A violência física, moral, sexual, patrimonial e psicológica. Algumas dessas violências ainda não são bem compreendidas ou aceitas. Por isso, o intuito é trazer o conhecimento em relação as várias maneiras de violência doméstica que as mulheres vem sofrendo em seu cotidiano.

Não se cale denuncie!


As representantes das instituições que participaram da caminhada foram: Secretaria Municipal de Assistência Social, Maria Meres Vaz da Silva Sá, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Luzia Moura Lustanardes, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e dos Adolescentes, Elizandra Lima dos Santos, Polícia Militar, Cabo Reselir Fassabe, Coordenação do Idoso, Meris Silva de Lima e Coordenação da Mulher Osmarina Nonato Lopes Kaxinawá.


Galeria de Fotos

Vídeo















0 comentário

Posts recentes

Ver tudo