• Samuel Lima

Cerimônia de Assinatura dos Contratos do Processo Seletivo dos professores aprovados

Cerimônia de Assinatura dos Contratos do Processo Seletivo dos professores aprovados para rede de Ensino Educacional

A Prefeitura Municipal de Santa Rosa do Purus, por meio da Secretaria Municipal de Educação, realizou a solenidade da assinatura dos contratos do Processo Seletivo Simplificado dos professores.

O processo seletivo iniciou-se no começo do mês de maio e finalizando na primeira semana de junho. Logo, após as etapas exigidas pelo edital os professores aprovados receberam o curso de formação de uma semana.

A cerimônia foi intermediada pelo Coordenador de Ensino, Moisés Silva de Melo. Moisés iniciou com uma palavra de agradecimento a todos em nome da Secretaria municipal de Educação. Estamos presentes para mais uma Solenidade para oficializar a Assinatura de Convocação dos professores aprovados no Processo Seletivo Simplificado. Convidamos o Prefeito José Altamir Taumaturgo Sá, vice-prefeito, Valdir Genézio Kaxinawá, presidente da Câmara, Denis Kaxinawá e vereadores para constituir a mesa.

Agradecimentos

Bom dia! Primeiramente, agradeço a Deus por mais uma oportunidade que Ele tem nos dado de realizarmos este ato solene para as assinaturas da contratação dos professores. Cumprimento às autoridades presentes, ao Prefeito José Altamir Taumaturgo Sá, vice-prefeito, Valdir Kaxinawá, secretários municipais, presidente da Câmara, Denis Kaxinawá, vereadores e professores. Estamos realizando a solenidade da assinatura dos professores de três escolas da zona urbana: Escola de Ensino Fundamental Antônia Fernandes de Moura, Escola Ensino Fundamental Doutor Celso Cosme Salgado, Escola Ensino Infantil Francisco Rabelo de Sá. Parabenizo ao esforço do prefeito Tamir Sá, vice-prefeito, Valdir Kaxinawá, aos vereadores, a equipe pedagógica, a comissão do processo seletivo que estiveram empenhados para a realização deste processo seletivo. Esperamos dos professores criatividade, dedicação e dinamismo para passarem uma educação diferenciada. Este tempo de pandemia não tem sido fácil, pois estamos buscando a aprender e traçar estratégias enquanto a educação de nossos alunos. A partir do próximo mês convocaremos mais alguns professores que ficaram no cadastro reserva. Ao iniciarmos as aulas remotas percebemos a necessidade de convocar os demais professores para atender as demandas de mais alunos que se matricularam, além de que tivemos desistências de alguns aprovados no processo seletivo. A coordenadora pedagógica, Maria Francisca Vaz da Silva, ao retornar da formação dos professores da Zona Rural nos informou que além dos 1652 alunos matriculados a demanda aumentará para mais 300 alunos. Estamos também, estudado a possiblidade de contratar através da terceirizada zeladores, merendeiras e condutor de ônibus escolar. Destacou o Secretário de Educação, Francisco Eronildes de Oliveira Braga.

Quero dá as boas vindas aos professores! Deixo uma citação do livro sagrado dos cristãos, a Bíblia. “Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo coração, como ao SENHOR, e não aos homens; Sabendo que receberá do SENHOR a recompensa, porque a Cristo o SENHOR que estão servindo”. É baseado nessa citação que incentivo a todos os professores a servirem com dedicação aos seus alunos. O Processo Seletivo demandou um grande esforço de todos da comissão estávamos correndo contra o tempo para que pudéssemos voltar às atividades com as aulas remotas, mas alcançamos de maneira satisfatória a finalização do processo seletivo. Demos inicio as primeiras atividades escolares e almejamos voltar com as aulas presenciais seguindo todos os protocolos de segurança segundo o Ministério da Saúde. Desejo que realizem um bom trabalho e tragam a memória de agradecer a Deus, pois a oportunidade e a capacidade vêm do SENHOR. Segundo a coordenadora pedagógica educacional, Maria Francisca Vaz da Silva Penha.

Agradeço em nome do prefeito Altamir Taumaturgo Sá, vice-prefeito Valdir Kaxinawá, aos colegas vereadores, aos gestores das escolas e aos professores que participaram do processo seletivo. Tivemos alguns atrasos por conta da pandemia, mas Deus tem nos dado a oportunidade para voltarmos aos trabalhos educacionais. Que cada professor possa alcançar cada aluno no processo de aprendizado. Destacou presidente da Câmara, Denis Augusto Kazinawá.

Agradeço a Deus por mais essa oportunidade de estarmos reunidos para assinatura do processo seletivo dos professores. Cumprimento a mesa na presença do nosso excelentíssimo Sr. Prefeito José Altamir Taumaturgo Sá. Também, ao Secretário de Educação. É uma grande alegria presenciar esse momento de assinatura dos contratos dos professores, pois sou formada em Letras e conheço o árduo trabalho da profissão de educador. Peço que continuem se dedicando na carreira como professora que é um papel fundamental na formação de outras profissões. Parabenizo a coordenadora pedagógica, Maria Silva Penha, pelo bom trabalho que tem realizado, assim como os demais da Secretaria de Educação. Esse é um trabalho do prefeito Tamir Sá e vice-prefeito, Valdir Kaxinawá que se estendeu a Câmara de deputados. Queremos o bem estar dos professores e dedicação com os nossos alunos do município. Fala da vereadora, Maria Meire de Lima de Araújo.

É uma alegria e uma conquista de estarmos de volta às aulas remotas. Parabéns aos professores que lutaram para conseguir a aprovação no seletivo da educação. Nossos alunos ficaram um bom tempo sem as aulas e com essa equipe capacitada poderão transmitir um ensino de qualidade. Nossos alunos indígenas tem uma grande dificuldade para aprender e peço uma atenção especial para com eles. Como mãe tenho tentado ensinar meus filhos, mas não é da mesma forma com os professores. Também, enfrentamos uma barreira linguística que os indígenas não sabem falar bem o português e é um retardamento ao aprendizado. Dê uma atenção especial, dedicação e procurem estratégias para transmitir o conhecimento para os alunos indígenas. Fiquei alegre ao saber que estão pensando em chamar o cadastro reserva dos professores do processo seletivo e os da zona rural. Os professores da zona rural necessitam receber visitas esporádicas da Secretaria Municipal de Educação e de nós vereadores. Relatou a Vereadora, Marlene Oliveira Rodrigues Kaxinawá.

Em resposta ao questionamento feito pela Vereadora Marlene Kaxinawá. O Secretário de Educação destacou: Preocupado com essa situação com os indígenas que vem da zona rural para a zona urbana. Colocamos em cada sala de aula um professor da etnia indígena kaxinawá e kulina para acompanhar cada aluno no processo de aprendizado e suporte a equipe pedagógica. Convocamos quatro coordenadores um kaxinawá, dois Kulinas e um não indígena para acompanharem os professores da zona rural.

Agradeço a Deus. Ao guerreiro, prefeito José Altamir Taumaturgo Sá, ao vice-prefeito Valdir, Genézio Kaxinawá, ao Secretário de Educação, Francisco Eronildes Braga, Secretário de Meio Ambiente e Turismo, Paulo Kaxinawá, Secretário de Administração, Efraim de Lima Costa, Secretário de Saúde, Alancardes de Araújo e aos professores. A pandemia nos paralisou nos forçando a respeitar algumas regras, a do distanciamento social, ao uso de máscaras dentre outras. Mas, continuamos trabalhando e peço que possamos trabalhar unidos por uma só causa a melhoria do povo. Sempre falo que temos quatro etnias em nossa cidade três indígenas e uma nawá (homem branco), e estamos trabalhando de igual modo para todos. Parabenizo aos professores pelo empenho e esforço ao se prepararem para a prova do seletivo. Como vereador é meu papel fiscalizar aos trabalhos e os que ainda não foram realizados a está população. Afirmou o vereador, Cláudio Lopes Augusto Kaxinawá.