• Assessoria de Imprensa

Assistência Humanitária as famílias afetadas pela alagação

No dia 16 de fevereiro de 2021, o Governo do Estado do Acre decretou situação de emergência por conta das enchentes nas cidades de Santa Rosa do Purus, Feijó, Tarauacá, Jordão, Cruzeiro do Sul, Sena Madureira, Rio Branco, Porto Walter, Mâncio e Rodrigo Alvez.



Cerca de 190 indígenas deixam suas aldeias das etnias Kulina, Jaminawá e Kaxinawá e são alocadas em três escolas da cidade de Santa Rosa do Purus.


Na quarta-feira (17) de fevereiro, a equipe de resgate começa a atender as famílias que estão sendo afetadas pelo desastre da natureza da zona urbana da cidade. O Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil estima que foram atendidas, no total de 1910 pessoas.

O Estado do Acre recebeu no dia 19 de fevereiro a visita do Secretário Nacional da Defesa Civil, Coronel Alexandre Alves, que tomou por conhecimento a situação crítica que os municípios do estado vêm enfrentando por conta das enchentes. O Governador Gladson Cameli solicitou ajuda do governo federal para amenizar a atual situação. A Defesa Civil Municipal em conjunto com a Secretaria Municipal de Administração e Planejamento e Secretaria Municipal de Assistência Social fizeram levantamento para aquisição de cestas básicas, colchões, cobertores, kits de higiene e limpeza das casas. Além disso, para a locação de barcos, caminhões, alimentação da equipe e de pessoas para atender as 1910 pessoas desabrigadas pela enchente, foi feito o levantamento no valor de R$ 590.438,00 (quinhentos e noventa mil e quatrocentos e trinta e oito reais), com isso, ao tomar conhecimento da necessidade o prefeito de Santa Rosa do Purus solicitou junto ao governo federal a liberação de recursos para atender as famílias prejudicadas pela alagação de suas moradias. O Secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Alexandre Alves, junto com sua equipe técnica analisaram o pedido dos recursos levantados, sendo aprovada a liberação no valor de R$ 384.957,12 (trezentos e oitenta e quatro mil e novecentos e cinquenta e sete reais e doze centavos) para despesas de assistência humanitária.

“A UNIÃO, por intermédio do MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL, neste ato representado pelo SECRETÁRIO DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL, autorizou o empenho e o resgate de recursos ao Município de Santa Rosa do Purus, do Estado do Acre, no valor de R$ 384.957,12 (trezentos e oitenta e quatro mil novecentos e cinquenta e sete reais e doze centavos), para execução de ações em resposta, pela portaria nº 339 de 26 de fevereiro de 2021.” (Fonte: Diário Oficial da União –Portaria nº 339, de 26 de fevereiro de 2021).


Os recursos liberados serão direcionados a assistência humanitária as pessoas que foram afetadas pela alagação de suas residências para que possam ser amparada pela equipe da prefeitura de Santa Rosa do Purus, afim de que sejam minimizadas suas perdas materiais e atendidas as necessidades básicas. Portanto, informamos que até o momento não recebemos o cartão da Defesa Civil Nacional para aquisição de gêneros alimentícios e materiais de consumo para assistência humanitária e as despesas estão sendo custeadas por recursos próprios da prefeitura de Santa Rosa do Purus.



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo