top of page
  • Foto do escritorSamuel Lima

A prefeitura de Santa Rosa do Purus realiza a 6º Conferência Municipal de Saúde


Dispositivo de honra. Foto: Samuel Lima/ASCOM.

A Prefeitura de Santa Rosa do Purus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento realizou no dia, 15, quarta-feira, a 6º Conferência Municipal de Saúde na Igreja Evangélica Quadrangular. A temática central discutida foi: “Garantir Direitos e Defender o SUS, a Vida e a Democracia – Amanhã vai ser outro dia”.


Fisioterapeuta, Mirla Carvalho. Foto: Samuel Lima/ASCOM.

Na solenidade a fisioterapeuta, Mirla Carvalho, convidou as autoridades do poder executivo, o prefeito de Santa Rosa do Purus em exercício, Valdir Genézio Kaxinawá, Secretário de Saúde e Saneamento, Alancardes Araújo, a primeira-dama e Secretária de Assistência Social, Maria Meres Vaz da Silva, Secretário de Educação, Francisco Eronildes de Oliveira Braga, do legislativo, o presidente da Câmara Municipal, Denis Augusto Kaxinawá, o gestor da Escola de Ensino Médio Padre Paolino Maria Baldassari, José Augusto da Silva, o presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Lucas e o advogado e Assessor Jurídico do Conselho Estadual de Saúde do Acre (CES/AC), Dr. Allan Gustavo Pinheiro de Oliveira para comporem o dispositivo de honra e cantarem o Hino Nacional. O evento foi marcado ainda por uma apresentação do corpo coreografo da Igreja Quadrangular às autoridades e ao público presente.

As Conferências de Saúde são eventos de instrumentalização da gestão participativa da comunidade no Sistema Único de Saúde (SUS), sendo um espaço encampado no Art. 198, III da Constituição Federal de 1988, e, consubstanciado na Lei Nº 8.142/90, que direciona a participação da comunidade na gestão.

Sendo quadrienal, a Conferência de Saúde é o momento ímpar da sociedade, em seus diversos seguimentos (usuários, trabalhadores/prestadores de serviços na área de saúde e gestores), com a finalidade de avaliar e propor medidas eficazes de melhoramento do sistema no que tange a toda esfera governamental seja no âmbito Municipal, Estadual e Federal.

O evento teve a participação do advogado e Assessor Jurídico do Conselho Estadual de Saúde do Acre (CES/AC), Dr. Allan Gustavo Pinheiro de Oliveira, que dirigiu o evento explanando sobre quatro eixos, com breve reflexão em cada eixo, que são: 1º eixo - O Brasil que temos. O Brasil que queremos; 2º eixo - o papel do controle social e dos movimentos sociais para salvar vidas; 3º eixo - garantir direitos e defender o SUS, a vida e a democracia; e, 4º eixo - amanhã vai ser outro dia para todas as pessoas.

Advogado e Assessor Jurídico do Conselho Estadual de Saúde do Acre (CES/AC), Dr. Allan Gustavo Pinheiro de Oliveira. Foto: Samuel Lima/ASCOM.

Oliveira destacou que esse “é o recomeço da saúde pública pós-pandemia, momento crítico da sociedade em geral, que deixou marcas nuas e frias, desnudou gargalos, mas, além disso, trouxe ensinamentos”.

A 6ª Conferência Municipal de Saúde de Santa Rosa do Purus foi um consolidado da saúde nacional, com um panorama da sociedade brasileira em contexto geral no 1º eixo, bem como do Sistema no Estado. Entretanto, o ponto focal e melhor aprofundado foi à saúde municipal de Santa Rosa do Purus, onde alguns indicadores são preocupantes, como observados no 3º eixo. Além disso, foi debatido sobre a participação social no controle da execução do SUS, exercida através dos Conselhos de Saúde e dos Movimentos Sociais, isso no 2º eixo. O 4º e último eixo, trouxe uma reflexão sobre a forma de inclusão, tratamento e melhoramento da vida em sociedade, particularmente, no Sistema Único de Saúde.

No final do evento, os grupos elegeram delegados e elencaram propostas que serão destinadas para as etapas estaduais e nacionais, com intuito de melhorias na Atenção Básica do município.


0 comentário

Comments


bottom of page